A Casa de Madeira e o Apocalipse Zombie

Postado por Admin a

4 Maneiras de Sobreviver aos Mortos-Vivos com a Ecositana

Quem irá escapar quando os mortos se reerguerem das sepulturas? Quem não será devorado pelas hordas putrefactas? Neste Halloween, a Ecositana ajuda-o a sobreviver graças à melhor estratégia contra as legiões zombies: uma casa de madeira.*

Estratégia 1: transforme a sua casa num forte impenetrável!
O que fazer quando estamos sossegados a relaxar e o Armagedão se abate sobre o mundo? Quando dezenas de mortos-vivos em diferentes estados de decomposição rondam à volta da nossa propriedade, tentando entrar pelas janelas e portas para nos abocanhar? Para aqueles sortudos que moram numa habitação com esqueleto de madeira, há uma solução muito simples. Basta converter a sua casa num castelo capaz de aguentar qualquer assalto!
Desde pregar tábuas às janelas ou encaixar traves nos aros das portas, uma estrutura de madeira oferece inúmeras opções de defesa. Graças à natureza extremamente sólida e versátil da madeira, não lhe será difícil reconverter um tampo de mesa ou um armário em materiais de reforço para todas as entradas do seu domicílio. Desde que tenha algumas ferramentas básicas em casa, entrincheirar-se em total segurança vai ser uma brincadeira de crianças.

Estratégia 2: fabrique um armamento letal com a sua mobília…
Boa! Agora está seguro dentro de casa. Pelo menos durante uns tempos. Mas nunca se sabe. Os mortos-vivos não desistem facilmente... Aguentar um cerco prolongado pode tornar-se rapidamente aborrecido, sobretudo para os mais jovens. Há-que ocupá-los! E que melhor do que um pouco de bricolagem para distrair os querubins?
Deixe-os utilizar a cabecinha e rapidamente verá como transformam um corrimão em martelo de arremesso esmaga-crânios de zombie. Ou pés de cadeira em espigões voodoo. Ou pranchas do soalho em machados de guerra voadores. Enfim! A imaginação é o limite e uma casa de madeira oferece uma fonte quase infindável de matéria-prima e de salutar diversão anti-zombie. Apenas não os deixe utilizar a motosserra sem supervisão parental.

Estratégia 3: construa um labirinto de armadilhas!?
O problema é que os mortos-vivos, como toda a gente sabe, são um segmento demográfico caracterizado pela teimosia. Sedentos de cérebro e de tripas, os zombies irão continuamente procurar uma forma de penetrar as suas defesas. Ora, como escreveu Chuck Norris no seu livro de receitas de crepes, a «melhor defesa é um bom ataque de barriga cheia». Com base nesse prudente adágio, a Ecositana incita-o a transformar o seu hall de entrada em catacumba dos horrores!
Onde um simples habitante observa uma janela, você idealiza uma potencial guilhotina decapitadora de mortos-vivos! Onde outros somente vêem uma porta, você concebe uma armadilha de espigões feita com as molas de colchão e todos aqueles pauzinhos afiados que guarda após cada jantarada de sushi!
Já não se trata de impedir os zombies de entrar. Trata-se de protegê-los da sua fúria criativa. Pois quem sabe o que irá arquitectar com a banheira e aquele aparelho de fazer abdominais que lhe ofereceram no Natal?! O quê? Uma ratoeira infernal cilindra canibais!? Muito bem! Muito bem. É importante reciclar…

Estratégia 4: continue a viver a sua vida confortavelmente…
E agora que a sua casa de madeira se transformou numa fusão do castelo do Drácula com a garagem do Mad Max, você pode continuar a viver a sua vida tranquilamente. Um lar de madeira oferece imensas fontes de energia e opções ecológicas para cozer a comida, aquecer a habitação ou simplesmente recolher as águas da chuva. Com o seu jeito para inventar vai ser-lhe fácil transformar o telhado em horta recheada de frutas e legumes. E se construir gaiolas de madeira poderá rapidamente possuir um bando de pássaros. Ou neste caso, um rebanho, pois que o seu destino é antes de mais alimentar a sua família. Todavia não coma os pombos. Podem ser úteis para comunicar com outros sobreviventes do Apocalipse. Para informá-los de que a sua morada é o quartel-general dos humanos. E tudo porque você optou por uma casa de madeira Ecositana. Eleita pelos clientes a opção premium para sobreviver ao renascer dos mortos.

* Calma, é apenas uma inocente brincadeira de Halloween. O fim do mundo ainda não começou.
Ou será…? Ah! Ah! Ah! Ah! Aaahhhhh!!!